2 Conceitos base da Gestão de Portfólio



Como tantas outras empresas com certeza já pensou em ter uma listagem dos seus projetos, e talvez, até poder colocá-los agrupados por prioridade. Mas a gestão de portfólio de projetos é muito mais do que isso.

A gestão de portfólio é a maneira como a empresa decide onde investir os seus recursos, de forma a obter um ótimo balanço entre risco e desempenho, com a finalidade de atingir os objetivos estratégicos da organização.

Existem dois momentos de suma importância para a empresa: a seleção de projetos, e a monitorização do impacte desses projetos nos objetivos empresariais.

Seleção de projetos

A seleção de projetos é um processo de base da gestão de portfólio, e deve formar parte do acervo de processos da sua empresa. Neste processo, a empresa deverá definir quais os atributos necessários para que um projeto seja selecionado, e como esse projeto irá contribuir para as metas organizacionais.

Neste processo serão respondidas as seguintes questões:

  • Qual é o procedimento para selecionar projetos dentro da empresa?
  • Qual é o procedimento para priorizar os projetos?
  • Estou a investir os meus recursos nos projetos que me geram mais valor?
  • A empresa tem capacidade para realizar o trabalho que foi planeado para os próximos anos?
  • Todos os projetos da empresa estão alinhados com a estratégia?

Projetos on-going

A gestão de portfólio mostra as relações entre os projetos que estão a ser executados, o ponto de situação em termos de âmbito, prazo e custo assim como apresenta de forma real o contributo destes projetos nas metas organizacionais e nos objetivos estratégicos definidos. A que questões responde a gestão de portfólio quando os projetos estão a ser executados? Ficam aqui alguns exemplos:

  • O portfólio de projetos atual está a atingir as metas organizacionais definidas? Se não, Como posso rebalancear o meu portfólio?
  • Estamos a ser eficientes na alocação dos nossos recursos?
  • Os meus recursos estão a realizar o trabalho que me gera mais valor?

Por onde começar?

A gestão de portfólio ajuda a mudar o foco de custos para investimento. A pergunta de ordem é: estou a investir no que é preciso? Como? Em quais projetos?

Não é suficiente fazer uma listagem de projetos e definir prioridades. A melhor forma de começar, é desenvolver primeiro a estratégia da empresa. Analisar onde estamos hoje, e o que se pretende fazer no futuro. Sem uma visão clara de onde estamos e para onde vamos é difícil realizar uma gestão de portfólio que faça sentido.

Como está a sua empresa? Os projetos que estão a ser executados/planeados contribuem para a sua estratégia? Sabe em que medida cada um deles afeta o resultado?