The 1st Floor Challenge – Está na hora de estudar Inovação e Gestão de Projetos duma forma divertida!

The 1st Floor Challenge

The 1st Floor challenge é uma competição global, organizada pela Emeteclass e pela Stellio, onde os participantes aprendem de uma forma divertida os conceitos de inovação e as melhores práticas da gestão de projetos. Mais do que uma brincadeira, os participantes têm a oportunidade de experimentar, num caso real, boas praticas que aumentam a sua probabilidade de ter sucesso em áreas tão importantes como a inovação e a gestão de projetos.

Partindo de um cenário previamente estabelecido, cada equipa constroi como produto final um quadcopter (drone) seguindo as boas práticas aprendidas previamente. Este desafio envolve a comunicação com o cliente, a utilização de metodologias de inovação para adicionar valor aos requisitos iniciais dos clientes, criar e planear um projeto global, executar e acompanhar o projeto e, finalmente, apresentar ao cliente e encerrar o projeto onde serão analisadas as consequências das decisões tomadas ao longo da simulação.

No passado dia 27 de Setembro foi lançado oficialmente a competição The 1st Floor Challenge. O evento teve lugar no Instituto de Telecomunicações de Aveiro, onde a equipa SALINAS aprendeu durante todo o dia técnicas e ferramentas para adicionar valor ao cliente e realizou um projeto dentro dos objetivos propostos. Veja as fotos do evento.

O QUE OBTÊM?

  • 07 PDU’s para se candidatar ao exame de certificação PMP®, ou caso queira renovar a sua certificação,
  • Um certificado de presença, e a possibilidade de ver o seu projeto no Hall of Fame,
  • Bolachas, café, e muita diversão.

QUAIS SÃO AS BOAS PRÁTICAS QUE IRÁ APRENDER? …

  • Design Thinking
  • Guia PMBOK®
  • Practice Standard for Work Breakdown Structures
  • Practice Standard for Scheduling
  • Practice Standard for Project Risk Management

A SUA EQUIPA É A MELHOR?
Inscreva-se no nosso desafio. Irá trabalhar dentro de uma equipa de quatro pessoas onde cada intervenção conta para a classificação final.

Encontrará mais informação sobre esta competição em the1stfloorchallenge.com

JÁ VIU O VÍDEO DO DRONE QUE IRÁ CONSTRUIR?


Share this Post!

Mudamos o Escritório Para o Algarve Durante Dois Dias

Mudamos o Escritório Para o Algarve Durante Dois Dias

O Algarve é uma região do sul de Portugal, com 5 412 km². Perfeita para o verão, com muitas praias, lindas paisagens, e boa comida.

Com a finalidade de testar o nosso serviço de forma totalmente remota, decidimos criar um mini-projeto e mudar o nosso escritório para o Algarve durante dois dias. A experiencia não deixa de ser interessante, cheia de coisas boas e outras menos boas, que nos trazem muita aprendizagem e ideias para melhoria. O elemento de sucesso é sempre o mesmo, o cliente.

O desafio não é só dar suporte de forma remota, porque isso já acontece hoje em dia, o desafio é testar a nossa capacidade de mobilidade e avançar como programado nos projetos ativos que atualmente tem a empresa.

Quais são as nossas lições aprendidas? Muitas, deixamos aqui as mais importantes, para que possam servir de experiencia para outras iniciativas:

Toda a equipa deve definir as expectativas.
Todos os elementos da equipa devem definir as expectativas, mas para isso seguimos os seguintes passos:
a) Toda a equipa deve participar na experiência.
b) Confirmámos primeiro que todos sabem o verdadeiro objetivo da transferência de escritório.
c) Definimos uma expectativa geral como equipa.
d) Cada pessoa da equipa definiu as suas expectativas

Ligação a internet rápida e disponível.
Escolhemos uma ligação a internet, com todas as caracteristicas necessárias. Infelizmente, não tivemos muito sucesso. A ligação à internet que tínhamos não permitiu o suporte adequado. Em alguns projetos, certas reuniões tiveram que ficar como mensagens no Skype.

Seleccione as ferramentas mais eficientes.
Estamos habituados a trabalhar de forma remota, pelo que não tivemos de seleccionar nenhuma ferramenta nova. Skype, google docs, e a nossa aplicação de gestão de projetos PMISapp foram as mais utilizadas.

Mantenha o mesmo horário de trabalho.
O horário foi fácil de manter, pois a mudança ao Algarve não nos trouxe transtornos de horário. Os nossos clientes estrangeiros estão habituados ao nosso horário. Não tivemos problemas neste sentido, no entanto, é um ponto a considerar caso a experiência se repita no estrangeiro.

Viaje sem perturbar o horário de trabalho.
Nós escolhemos sair no dia anterior, e chegámos ao Algarve bastante tarde. O importante era estar antes do inicio do novo dia de trabalho. A equipa estava cansada, mas entusiasmada com a experiência. O ideal é viajar durante o fim de semana, e fazer a experiência a partir de uma segunda-feira. Tem de ter em conta a duração das viagens, e o transporte disponível.

A paciência é uma virtude a desenvolver.
O ambiente de trabalho não é feito só de tecnología, sempre temos material impresso importante no dia a dia. Faltaram alguns documentos, apontamentos esquecidos e ainda alguns post-its de trabalho. A única coisa a fazer é desenvolver a paciência, apontar os esquecimentos, guardar em formato digital algumas coisas, e seguir em frente.

Uma atividade de team-building
Esta é uma magnifica atividade de team-building. Os beneficios são muitos: melhora a comunicação, aumenta a motivação, permite-nos conhecermo-nos melhor uns aos outros, partilharmos estratégias, tudo isto num ambiente descontraído, diferente, enquanto realizamos o nosso trabalho.

Liberdade para criticar o projeto.
Tem de existir liberdade para criticar o projeto, caso contrario não se obtém a aprendizagem desejada. Durante estes dias a equipa conseguiu criticar de forma construtiva o projeto, melhorando assim a fluência do mesmo.

Foi uma experiência extremamente satisfatória… Quem sabe o destino … mas para o ano esperemos repetir!

Share this Post!

Gestão de Projetos é Essencialmente ‘Mudança’

A gestão de projetos muda o local de trabalho

A gestão de projetos muda o ambiente: Se realizar e entregar os projetos com ética pode produzir um impacto positivo na sociedade preservando os recursos naturais e produzindo mudanças a nível económico e social.

A gestão de projetos muda as oportunidades: Com uma cultura de gestão de projetos escolhemos apenas projetos rentáveis ​​e que estão alinhados com a estratégia organizacional, aumentando assim as oportunidades. Nos focalizamos apenas no que é importante para a empresa.

A gestão de projetos muda o lucro: Pare de ter surpresas no projeto. Pare de perder tempo e dinheiro nos seus projetos. A gestão de projetos o ajuda a finalizar os projetos com o valor monetário calculado no planeamento.

A gestão de projetos muda as competências das pessoas: a gestão de projetos dedica tempo e esforço para planear como irá melhorar o desempenho dos recursos humanos envolvidos no projeto, seja a nível individual, seja como equipa.

A gestão de projeto muda o risco: Realizar a gestão de riscos em projetos ajuda a evitar muitos problemas e ajuda a que outros problemas sejam menos prováveis de acontecer. Quando eliminamos as incertezas, as estimativas do trabalho a realizar são mais precisas, economizando tempo e dinheiro no projeto.

A gestão de projetos muda os conflictos: o conflito é inevitável, é uma consequência das interações organizacionais, mas as boas práticas de gestão de projetos ajudam a evitar muitos deles.

A gestão de projetos muda a qualidade: a falta de atenção à qualidade adiciona riscos consideráveis ao projeto, o que resulta em retrabalho. Isso significa desperdício de tempo e dinheiro. Com foco na qualidade, podemos dedicar tempo à prevenção em vez de lidar com os problemas, entregando o produto ou serviço com a qualidade esperada pelo cliente.

A gestão de projeto muda o sucesso: a capacidade de uma organização para atingir os objetivos do projeto impacta significativamente a sua capacidade de prosperar.

A gestão de projetos muda o local de trabalho: a gestão de projetos é a melhor forma de integrar pessoas e processos utilizando uma abordagem abrangente: aprender, compreender e agir.

Com a gesrtão de projetos, podemos criar um impacto positivo na sociedade, aumentar as nossas oportunidades, aumentar o lucro, melhorar as competências e habilidades das pessoas, minimizar os conflitos, melhorar a qualidade de produtos e serviços, prevenir e minimizar os riscos e aumentar o nosso sucesso.

Definitivamente, com a gestão de projetos, podemos mudar o local de trabalho! Cada organização merece ser o melhor que pode ser.

Share this Post!

Robobraille em Portugal e no Mundo

RoboBrille.

Ao ler o livro Comunicar e Integrar, organizado por Augusto Deodato Guerreiro, encontrei um capítulo interessante dedicado a um projeto financiado pela Comissão Europeia, associado ao programa eTEN, com a finalidade de validar o serviço Robobraille Dinamarquês.

Esta validação foi realizada em cinco países: Chipre, Irlanda, Itália, Portugal e Reino Unido. O consórcio foi liderado pelo Synscenter Refsnæs (Dinamarca), e esteve integrado pelas seguintes organizações: St Josephs (Irelanda), Royal National College for the Blind (Reino Unido), ANS Associazione Nazionale Subvedenti (Italia), Pagkypria Organozi Tyflon (Chipre) e o Centro de Inovação para Deficientes (Portugal).

O serviço é simples, o RoboBraille oferece uma ferramenta que realiza a conversão de texto para Braille ou voz. Os utilizadores enviam os seus documentos como anexos em e-mails, e os recebem convertidos para Braille ou voz sintética.

Apesar do projeto já ter terminado há algum tempo (em 2007), têm sido realizadas algumas atividades, aproveitando o resultado deste projeto e de outros projetos.

  • Um acordo para desenvolver uma voz sintética da Gronelândia (Setembro 2013),
  • Criação do Projeto Robobraille Leonardo da Vinci. (Outubro 2013),
  • Criação do Projeto Prospery4all com o Robobrille como serviço chave. (Fevereiro 2014), e
  • mais recentemente, o serviço Robobraille lançado na Românica e na Bulgária (Abril 2014).

O projeto RoboBrille recebeu varios prémios:

  • 2008 Well-Tech award for Innovation and Accessibility, Itália,
  • 2007 Social Contribution Award, British Computer Society, Reino Unido,
  • 2007 Pricess Birthday Grant, Kjaeden, Dinamarca,
  • Projeto eTEN do Mês, Junho de 2007, Comissão Europeia,
  • Nomeado para Projecto eTEN do Ano de 2007, Comissão Europeia,

Conheça mais sobre este projeto em http://www.robobraille.org/

Share this Post!

PMAuthority.com – Helping to keep the talent bar high globally

PMAuthority.com - Helping to keep the talent bar high globally

Hoje é o lançamento oficial da revista digital PMAuthority.com.

PMAuthority.com foi criada para reunir e partilhar informação sobre as competências essenciais de Gestão de Projetos, Estratégia & Gestão e Liderança.

Pode desfrutá-la aqui: http://pmauthority.com

Share this Post!